Tintas e mais tintas

March 17, 2016

 

Já viram que coisa mais linda ficam vidros e latas pintadas? Nem dá para reconhecer aquelas embalagens de comida sem charme algum que eram antes. Com criatividade, dá para transformá-los em enfeites para casa, peças decorativas para festas, centros de mesa, porta-trecos e até luminárias.

 

Eu, particularmente, adoro transformar objetos. Pegar o que já não tem mais serventia e reformar, achando alguma utilidade bem bacana. Para o aniversário do ano passado dos meus filhos, pintei latas de leite, fiz um arranjo com fitas de cetim e botei uma em cada mesa de convidado.  O resultado ficou ótimo e recebi muitos elogios.

 

O bom é que esse tipo de ideia custa baratinho! Basta comprar tinta e pincel e botar a mão na massa. Hoje, os vidros têm sido a minha paixão. Guardo tudo: potinhos de geleia e patê, garrafas de azeite, massa de tomate, suco, palmito. Vale tudo, gente! E há por aí uma variedade imensa de tamanhos e formatos. A gente pode até não dar nada por elas num primeiro momento, mas tem tanta coisa linda que pode ser feita...

 

O primeiro passo é lavar bem as latas e garrafas, porque retirar bem a gordura dos alimentos e possíveis resíduos. Nem adianta tentar arrancar os rótulos à força, porque não vão sair. O ideal é deixar tudo de molho em água quente, para que se soltem com mais facilidade.

 

Para pintar os vidros, há algumas opções: a tinta mesmo, que os deixa com aspecto opaco e leitoso; o verniz vitral, que os deixa com um visual translúcido e brilhante; e o spray, que deixa com uma cara de que tomou um banho de areia colorida. Eu prefiro a segunda opção, acho que fica mais leve e bonito. Mas também depende da ocasião, do tipo de decoração etc.

 

Para as latas, há quem recomende passar um primer à base de água antes, para evitar ferrugens. Como alumínio é um material bem diferente do vidro, a tinta tem que ser outra. Recomendo a PVA, que fixa bem a cor. Para deixar a pintura bem uniforme, é legal dar pelo menos duas demãos, com intervalos de mais ou menos 30 minutos entre elas.

 

Os cuidados são os mesmos para os dois. Luvas são imprescindíveis na hora de pintar, para não sujar as mãos. Deixe secar as latas e as garrafas, emborcadas, sobre folhas de jornal. Uma dica: escolha pincéis de boa qualidade, para evitar – ou pelo menos minimizar – que a tinta escorra ou que se formem aquelas bolhinhas de ar.

 

Depois de pintadas, latas e garrafas podem ser decoradas com tecidos, fitas, barbantes... Enfim, há uma gama de possibilidades! Usando fita crepe, também dá para brincar com formatos dos desenhos, em vez de pintar a garrafa (ou a lata) toda.

Please reload

Featured Posts

Ideias Etc - Férias, agenda lotada e ócio

December 19, 2018

1/5
Please reload

Recent Posts

October 4, 2017

September 19, 2016

June 10, 2016

Please reload

Archive